Arquivo da categoria: Geral

De volta

Querido leitor(a),

É com felicidade que volto a abrir esse canal de comunicação na internet. Depois de algumas mudanças significativas no contexto de vida, principalmente voltar a morar no Brasil e recomeçar um trabalho aqui como terapeuta, precisei de uma pausa para repensar a maneira como queria estar presente nas redes sociais.

No contexto mais recente de Londres, quando minha filha já não era mais tão bebê e começou na escolinha, eu podia passar longas horas curtindo leituras saudáveis, aprendendo coisas do meu interesse, ouvindo músicas maravilhosas, caminhando, observando o pacato bairro hindu onde morávamos e meditando sobre muitas coisas. Muitos posts do samsabel.com anterior nasceram nesse contexto.

Lembrando agora daquela época, tenho a sensação de que eu vivia uma espécie de preparação sabática para uma fase mais ativa e interativa que vivo hoje. Desde a volta ao Brasil o meu tempo para essas atividades interiorizadas ficou bem menor, um efeito natural de voltar a estar mais próxima de um círculo maior de pessoas conhecidas, amigas e familiares.

Mas continua sendo da minha natureza buscar refúgio dentro de mim sempre que tenho a oportunidade – é a minha forma de recarregar as baterias. E nessas horas, continuam surgindo inspirações que me levam a querer compartilhar materiais que, pela sua natureza diversa, não se encaixam bem na minha página profissional, cujo tema é direcionado mais para a psicoterapia e os florais.

Por isso, decidi reativar esse espaço de comunicação mais livre, sem tanta preocupação em medir os escritos para que caibam dentro de um tema. O blog é algo mais leve, mais solto e mais pessoal, e arrisca ser desinteressante para os outros por esse exato motivo, mas pelo menos cumpre em mim a função de aliviar o ímpeto de expressar coisas que penso valerem a pena.

Assim, aos poucos, quando em meio ao atarefado dia a dia a inspiração resolver aparecer, vou voltar a usar esse endereço como destino para os eventuais novos conteúdos que surgirem.

Um abraço, bem vindo de volta, e obrigada por me ler.

Samantha.

Último blog post

Era Janeiro de 2013, em Londres, Inglaterra. Há quatro anos, olhando através da janela para um lindo jardim nevado, não pude mais conter dentro de mim a chuva de palavras que me inundava. Eu queria falar de tantas coisas, de tantos assuntos. Estava grávida, de corpo e de alma. Tinha recém chegado naquele país frio, com o qual sentia ter laços antigos. Havia tanta coisa para processar, tantas emoções para sentir, tantos aprendizados a passar…

Assim veio a decisão de começar um blog. Não tinha sido a primeira vez que começava um, mas todos os outros haviam perdido o sentido após alguns posts. De início, o samsabel.com era apenas um meio de verter as ideias em um período de intenso sentir. Eu imaginava então que seria um blog muito mais de repasses do que de autoria. Mas um misto de inspiração com necessidade de compartilhar fez com que acabasse sendo o contrário. E assim foram quatro anos escrevendo, em duas línguas, mensagens que foram visualizadas cerca de 40 mil vezes por pessoas em mais de cem países diferentes.

Hoje, retornada ao Brasil e me reorganizando por aqui, sinto que é hora de recomeçar, em muitos sentidos. Com a presença virtual não é diferente. Esse blog como era teve sua razão de ser, mas já há alguns meses venho sentindo que cumpriu o seu papel. E por isso me despeço dele com o mesmo carinho que senti pelo pequeno robin-de-peito-vermelho que pousou na janela, naquela manhã gelada de Janeiro, como que para me dizer:

– “Sim! Vá em frente. O que você está sentindo e pensando é algo que vale a pena ser compartilhado”.

Obrigada a todos que me acompanharam até aqui! Nos reencontraremos em breve.

Um grande abraço,
Samantha.

Robin Europeu

Primeiro post

Resolvi criar este blog para compartilhar pensamentos fugidios sobre temas variados, quando eles não se encaixam bem nos formatos de outros sites nos quais tenho me feito presente online. A idéia inicial é ficar dentro dos temas que me são mais familiares e que ocupam boa parte de minha atenção, mas nada impede também que compartilhe uma bobagem qualquer ou uma história pessoal.

Gosto de escrever, mas não tanto de me expor. Nesse momento da vida, no entanto, tenho pensado em como já me beneficiei de acessar ideias escritas aqui e acolá, muitas vezes através de sites totalmente despretensiosos, como quero que este também seja. A livre circulação de idéias enriquece o pensamento, e a internet possibilita trocas muitas vezes frutíferas – outras, é verdade, desgastantes – sobre os assuntos mais inesperados.

Os posts serão na maioria em Português, minha língua materna, mas alguns podem ser em inglês, e nesse caso deixo a tarefa da tradução com o leitor. Vou procurar organizar os temas através das tags e, com o tempo, dependendo da evolução ou involução da coisa, é possível que o blog seja desmembrado em áreas de interesse diferentes. Também pode, claro, vir a ser abandonado e apagado, pois não é incomum que chegue um momento em que nos cansamos de versões velhas de nós mesmos.

Enquanto ele estiver vivo e fizer sentido, será alimentado sem pressa e sem compromisso com pequenos textos escritos por mim ou por outras pessoas, neste último caso com a autoria devidamente mencionada. Considero aquilo que escrevo não como meu, mas como algo que passa através de mim após ter sido compartilhado comigo de alguma forma, em algum momento. No fundo, são diálogos silenciosos, que talvez possam ser de utilidade ou interesse para algum outro ser humano perdido aí pela Terra.

Até breve!